Solidão de um Poeta

 
A ti fiz  um juramento!
Entregar meu coração
Sem demora veio ocupar teu lugar!
Foram bons tempos de harmonia ,
sintonia e cumplicidade
Doces abraços, e dias de felicidade.
Uma história de amor se fez nos escritos de um poeta
Muitas…muitas linhas foste dono de minhas inspirações.
Do primeiro e tímido “eu te amo”
Da rotina de um cotidiano,
Nossos desejos e saudades.
Dos seus lábios quentes
Experimentei seus doces beijos
De mãos dadas à sobra do ipê
Nossos corpos entrelaçamos até
à explosão do amor!
Mas me surpreendo com sua ausência,
o coração do poeta sofre
Tudo para!
Tudo perde o sentido
pois seus carinhos já são raros
Por vezes nulo!
O poeta sofre de solidão
Sem amor, escondeu a emoção,
em troca foi doar este amor
a outros caminhos que….
inclui outras obras,
sensação de paz!
Amando na jornada da espiritualidade.
O poeta sofre de rejeição
Mas aos anjos pediu intercessão
Ouviu dos irmãos: devemos amar…,
amar sem medida!
Doar sem esperar recompensa
Assim meu amor vou sublimar!
O poeta sonhou amou sofreu e…
deixou no papel uma história de amor!
TODOS MEUS POEMAS ESTÃO REGISTRADOS
Todos os direitos reservados
   ffbn – 341.935 l629 fl 95
 Designer by Graça
 

Amigo!

Amigo!

Será que posso chamar assim?
Chega o dia que tudo tem um fim!
Se for autêntico que abrigamos,
Frágil não será tudo que somamos.

E agora?
Sobram recordações
De um passado recente
Como uma estrela cadente
Dos céus, no espaço dissolve.

Lembra-se?
Foram juras de eterna amizade.
Onde nossas alegrais compartilhamos
As diferenças, o amor subtrai.

E hoje?

Amigo, Amargo você tornou.
A vida uma peça lhe pregou
Nem tudo que sonhamos se realiza
Mas nem por isto nos paralisa

Eu?
Continuo a mesma
Meu coração não se emenda
Pois a sorte me fez pedra
Sem pedir perdão, eu te perdôo!

Graça Cardoso
16/07/2004

Amar é…

Amar é…
Viver em esperança
Em dias de bonança
De alegria sem par

Sorrir…

É ter na vida
A fé inabalável
Confiando sempre em porvir

Amar…

É viver sem temer
Gozar o esplendor
De sorrir e sonhar

Amando…

Sorrindo…

Na vida vou indo
Lembrando que findo
É somente o começo
De um novo tropeço

Que um enfrentar
Na eterna esperança
De um dia em bonança
A felicidade

Alcançar!

Graça Cardoso
(03/2003)

Ama-me, por favor…

Ama-me, por favor…
Graça Cardoso
12/2003

Procura-se um dono para um coração solitário.
É um coração quase novo,
Mas têm seu interior os mais límpidos sentimentos
Iluminado como raio de sol
Existe em sua entrada uma orquestra de anjos,
Entoando musicas celestial
O parceiro para este coração solitário receberá:
A compreensão em vossos momentos de aflição,
Alegria para os dias se tornarem felizes e lindos,
E amor!  Este sentimento tão querido por todos,
Esperado por muitos.
E apenas imaginado para alguns.

O pretendente só necessita estar receptivo a esta oferta!
Pois com carinho vai levar um a doação…
Sim! Doação, pois nela não se troca nenhum sentimento,
Apenas quer ser amado!

Ass: Um coração vazio de dono, mais cheio de amor!
Ama-me, por favor…Ama-me!

 

À volta

À volta

esperanca

De repente.
Uma surpresa!
Meu eterno amor
Está de volta!

Olhar com brilho
Trago-te ao meu peito
Corações descompassados,
Corpos vibrando.

De saudade, alegria e desejos,
Mãos entrelaçadas,
Nos entregamos sem pudor
Um toque
Um beijo…
Faz aflorar nossos desejos,
Multiplicam-se nossas energias,
Neste mundo,
Nossa inquietação só compreende…
O coração amantíssimo.
Onde só o céu é testemunha.

 -07/2003

Graça Cardoso

Lealdade

Lealdade

Procuro ainda nos humanos
Algo que difícil encontrar
Sentimento puro e fiel
Das pessoas que amamos
Todas expectativas depositam

Muitas vezes decepcionamos
Coração ferido, mas nos recuperamos.
E, com vagar enxergamos.
Que nem sempre temos tudo que desejamos

Pode ser amigo, filho ou romance.
A lealdade é uma virtude
Face oculta da personalidade
Ah! Nem sempre há maldade premeditada

Quando pensamos agir sem magoar
Não estamos no lugar de outrem?
Não se desespere
Os fatos, não atropele.

O que vai a sua pela
Sempre dói mais!
Um dia notamos
Que…Nós também um dia falhamos
Desleal com ao semelhante foi
Nem por isto perdeu seu valor
Ser leal é uma virtude animal!

Graça Cardoso

06/2004

A esperança

A Esperança

quero

Enquanto restar esperança
Contigo sempre vou estar
À distância de nossos corpos
Um dia vamos superar

Vejo-te dentro de meus olhos,
Penso que seja assim há séculos…
Pois tem em ti um pedaço de mim!

O destino um dia nos completou
Quando timidamente me chamou…
Vou tentar ouvir: pensei!
Desde aquele dia muito tempo se passou…

De saudade meu coração chorou
De alegria meu semblante ficou
Com sua voz meu coração vibrou

De tantos encontros, noites felizes e ardentes.
Nossos corpos se uniram desfrutando cada um de nossos desejos!

Trocamos confidências,
Brigamos por nossas diferenças,
Esperei dias com paciência
Até a solução de suas pendências

Saiba que te quero muito…
Jamais vou te esquecer!
Mesmo que fiquemos distantes
Nunca nos separaremos
Amanhã… Um dia…
Vou estar sempre…
A te esperar…

Graça Cardoso
(02/2003)

Viver com alegria

Viver com alegria

Graça Cardoso
Abril – 2010

Nossa essência é alegre, a vida é uma comemoração diária
É necessário limpar os arquivos podres da alma e ….
Curtir o sorriso sincero de uma criança.
Se dar o direito de não querer que tudo seja perfeito.
Defeitos todos temos, aceita-los é o primeiro passo para consertá-lo.
Trazer no peito a semente do prazer de viver simplesmente.
Desprezar este prazer nossa vida não teria sentido, pois
Trazemos uma bagagem de vicissitude há recuperar o tempo perdido
Que no passado a muito foi logrado.
Sentir prazer em sorver um doce em pedaços pequenos
Conquistar um novo caminho para chegar a um destino esperado.
Descobrir que seus sonhos eram quimeras
Que viver feliz é uma conquista diária.
Vencer as aflições , acreditar no criador que tudo pode .
Comemorar seu aniversário com entusiasmo.
Alegria não adoece,
não deixa marcas sofridas para o futuro.
Você pode tudo,
Se fartar de riso,
Ouvir musica,
Sentar e não fazer nada,
Falar com amigos,
Jogar conversa fora,
Aceitar que seus filhos são donos do próprio destino,
Estudar , conhecer algo novo.
Apreciar o amanhecer e o entardecer.
Assim, você se transformará.
Pedira a Deus que lhe de uma luz…e,
Descobrirá que sua intuição é a melhor resposta para suas duvidas.

Homenagem as mães

Homenagem a minha mãe..

MAE

Mãe
Hoje ponho a escrever…
Só não existe tanto espaço…
Para expressar aqui meus sentimentos
Você que tudo sabe de mim.
Mesmo a certa distância
É assim desde a infância
Vive dentro de mim!
Chegam momentos de termos segredos,
Mas seu nobre coração parece saber…
Que algo tem a desvendar
Pena! Nem sempre podemos falar
E…Mesmo sem saber
Vela…Em silêncio.
E a Deus entrega suas angústias
Por ciência…
Sem poder ajudar
É nobre, incondicional.
Seu colo é feito um ninho
Onde tudo é plausível
Quando o verbo é amar!
Hoje…
Você é meu refrigério
A magia da primavera
O número da sorte
A luz que ilumina o viver
Por sua singela presença
Tudo que tenho agradeço!
Obrigada Mãe
Desta sempre sua…
Criança…
Graça Cardoso
11/2002